Lawyer to Lawyer, da Freelaw

#48: Gestão para advogados e empreendedorismo jurídico - c/ Getúlio Santos

April 16, 2020 Freelaw Season 2 Episode 28
Lawyer to Lawyer, da Freelaw
#48: Gestão para advogados e empreendedorismo jurídico - c/ Getúlio Santos
Chapters
Lawyer to Lawyer, da Freelaw
#48: Gestão para advogados e empreendedorismo jurídico - c/ Getúlio Santos
Apr 16, 2020 Season 2 Episode 28
Freelaw

Como iniciar a profissionalização do seu escritório de advocacia? 

Como dividir tarefas administrativas e jurídicas em seu escritório? 

Como criar procedimentos internos para o seu escritório de advocacia? Como utilizar métricas e KPIs em seu escritório? 

O que é um fundo de reserva? Por que o seu escritório deveria ter um? 

No episódio de hoje do #lawyertolawyer, Gabriel Magalhães entrevista Getúlio Santos (getulio@oss.adv.br), sócio-fundador do Oliveira, Souza & Santos Advogados Associados, empreendedor e investidor em projetos de tecnologia.

O Getúlio também é:

  • Bacharel em Direito, pela PUC - MG
  • CBA - Gestão de Negócios, pelo IBMEC - MG
  • Pós-graduação lato sensu em Direito Privado, pelo Instituto Metodista Izabela Hendrix
  • Pós-graduação lato sensu em Direito Tributário, pelo IEC - PUC - MG

Lista de ferramentas citadas durante o episódio


Escute o episódio e compartilhe com seus colegas! Aproveite!

Comunidade da Freelaw no Telegram: https://t.me/comunidadefreelaw

Conheça o Blog da Freelaw: https://blog.freelaw.work/

Conheça o site da Freelaw: https://freelaw.work/

Acompanhe a Freelaw nas Redes Sociais

Linkedin: https://www.linkedin.com/company/freelaw-work/

Facebook: https://www.facebook.com/Freelaw.work/

Instagram: https://www.instagram.com/freelaw.work/

Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCT6_26wyQV7GXriS0kogw1g

Música utilizada no Podcast: www.bensound.com

Show Notes Transcript

Como iniciar a profissionalização do seu escritório de advocacia? 

Como dividir tarefas administrativas e jurídicas em seu escritório? 

Como criar procedimentos internos para o seu escritório de advocacia? Como utilizar métricas e KPIs em seu escritório? 

O que é um fundo de reserva? Por que o seu escritório deveria ter um? 

No episódio de hoje do #lawyertolawyer, Gabriel Magalhães entrevista Getúlio Santos (getulio@oss.adv.br), sócio-fundador do Oliveira, Souza & Santos Advogados Associados, empreendedor e investidor em projetos de tecnologia.

O Getúlio também é:

  • Bacharel em Direito, pela PUC - MG
  • CBA - Gestão de Negócios, pelo IBMEC - MG
  • Pós-graduação lato sensu em Direito Privado, pelo Instituto Metodista Izabela Hendrix
  • Pós-graduação lato sensu em Direito Tributário, pelo IEC - PUC - MG

Lista de ferramentas citadas durante o episódio


Escute o episódio e compartilhe com seus colegas! Aproveite!

Comunidade da Freelaw no Telegram: https://t.me/comunidadefreelaw

Conheça o Blog da Freelaw: https://blog.freelaw.work/

Conheça o site da Freelaw: https://freelaw.work/

Acompanhe a Freelaw nas Redes Sociais

Linkedin: https://www.linkedin.com/company/freelaw-work/

Facebook: https://www.facebook.com/Freelaw.work/

Instagram: https://www.instagram.com/freelaw.work/

Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCT6_26wyQV7GXriS0kogw1g

Música utilizada no Podcast: www.bensound.com

Gabriel:   0:16
as melhores pr��ticas de gest��o, inova����o e tecnologia no Direito. Meu nome Gabriel Magalh��es bem vindo ao longo de esse, pode querer foi oferecido pela Frilot. A forma mais segura para aqui no seu escrit��rio de advocacia contrata advogados online e sob demanda. Eu sei que talvez voc�� nunca pensou nessa possibilidade, Mas agora voc�� pode realizar parcerias com advogados especializados em qualquer ��rea do direito, de acordo com a sua necessidade. �� s�� entrar no site da vida, dado ponto frio ponto ou enviar a descri����o do servi��o que precisa ser deputado, as orienta����es, o prazo. E a�� s�� aguarda mais acontecer e voc�� visualizar as propostas dos profissionais. Fa��a parte agora da nossa comunidade realmente o portif��lio de servi��os jur��dicos que seu escrit��rio oferece aos seus clientes, ao advogado, ela advogada, Seja bem vindo, seja bem vinda ao epis��dio quarenta e oito do Loyalty! Loya d�� frio S��o Gabriel Magalh��es �� um prazer estar aqui com voc��s novamente Hoje n��s vamos tratar de empreendedorismo e gest��o para advogados. Como que voc�� pode se tornar um advogado empreendedor? Como que voc�� pode aprender gest��o? Como que se pode fazer isso? Na pr��tica? Como dividir trabalho de uma forma eficiente no seu escrit��rio de advocacia. Principalmente Agora, nesse mundo e posse, convive com os desafios do Advocacia Home Office. E se voc�� ainda quiser avan��ar mais com o que voc�� pode desenvolver iniciativas de tecnologia dentro do seu pr��prio escrit��rio de advocacia, Convidados de hoje o Jeito dos Santos. Ele �� s��cio fundador de Oliveira Souza de Santos Advogados Associados ao Empreendedor, Investidor e projetos de tecnologia. Seja bem vindo de tudo,

Get��lio:   2:25
bom dia! Todo mundo que est�� ouvindo a si logo, a j��ia e �� um prazer falar com voc��

Gabriel:   2:31
brigar. Get��lio tem certeza que voc�� vai agregar bastante aqui, para os colegas, advogados e advogadas que est��o nos escutando quando para o pouquinho para gente, como que foi o in��cio do seu escrit��rio de advocacia. Como �� que voc�� decidiu fundar o escrit��rio? Quais foram os desafios iniciais?

Get��lio:   2:48
Logo no primeiro dia que cheguei na OAB sai do escrit��rio que at�� ent��o, onde estagiava e fundei o escrit��rio, mas sempre continuei empreendendo em algumas outras ��reas o que mais o escritor nosso �� fundado. No ano da nossa formatura, praticamente eu e os demais s��cios e desde ent��o tenho visto e acompanhado essa mudan��a e aprendendo o dia a dia Como funciona um escrit��rio e acho que o mundo hoje �� prop��cio a os novos escritores, pequenos escrit��rios. Conseguimos ser mais eficientes com todas as ferramentas que a gente tem hoje

Gabriel:   3:32
muito legal. Get��lio. Assim, quando voc�� come��ou l��, quando voc��s abrir o escrit��rio depois da faculdade, voc��s j�� tinham a no����o de gest��o, como que foi aquele in��cio Ele e com o que voc��s foram aprendendo esse profissionalizando mais. Assim, nesse ponto de vista de gest��o mesmo,

Get��lio:   3:51
primeiro, nenhuma at�� me corrigem se estiver errado, pois n��o acompanha tanto o mundo acad��mico. Hoje em dia a dia a dia de faculdade de direito, Nenhuma faculdade de direito prepara algu��m para ser um advogado administrador de um escrit��rio ou um empreendedor. Ela pode se preparar muito bem para a pr��tica jur��dica, peticionar, teorias lindas e maravilhosas. Mais ser empreendedor, n��o �� isso. Um escrit��rio sem uma figura central, de um administrador, cem pessoas que entendam de gest��o. Ele tem de a patinar durante muito tempo e perder muito tempo num acordo de aprendizados, necess��rio e nem focando nisso. Eu tem buscar uma especializa����o no caso de gest��o de neg��cios, para que eu pudesse cumprir esse papel dentro do nosso escrit��rio. Isso abriu uma vis��o como advogado, como entender? Tratar n��meros m��tricas, Tudo isso que um advogado praticamente sai da faculdade sem fazer ideia entre quem que se trata. A gente tem uma no����o de advocacia que a gente tem de est��gio da parte peti����o mas a gente n��o sabe que �� um Piai que �� uma m��trica. Qual o valor da sua hora se aquilo que aquele honor��rio por santa cobrando, ele �� barato, caro, Enfim, somente com estudo e com a pr��tica que a gente consegue entender um pouco mais da gest��o. Hoje existem ferramentas que antigamente eram inimagin��veis para facilitar a administra����o e a gest��o do escrit��rio. Advocacia

Gabriel:   5:51
n��o muito, muito bacana. E assim como que a divis��o de voc�� com os outros s��cios do escrit��rio, voc�� disse que voc�� hoje ocupa, e o papel de administrador, o qualquer fun����o dos outros s��cios. Eles tamb��m eles tamb��m ent��o e conectados com a gest��o, �� s�� voc�� mesmo. E como que voc��s decidiram por essa divis��o? Assim, enquanto mais um pouquinho tamb��m da ent��o? Porque mais, na realidade do Oliveira, sa��de s��o dos advogados s��o quantas pessoas como voc��s dividem as tarefas?

Get��lio:   6:26
A parte da administra����o? Eu realmente fiquei um pouco �� frente, tanto aptid��o. E acho que um pouco de voca����o nesse sentido. E sempre procurei. Pesquisei ao m��ximo atualizado com essas novas ferramentas. Hoje a nossa administra����o �� basicamente tocada por mim, tem o pessoal de back office e �� um trabalho que eu tenho que vestia as duas camisas, como os administradores, como advogado, sabendo separar esses assuntos. ��s vezes o lado administrador entra em conflito com o meu lado advogado. Mas o essencial �� que hoje a gente consegue gerar informa����o e relat��rios para que os s��cios que n��o acompanham de administra����o consigam ter acompanhar a performance, ajudar na tomada de decis��o, nas reuni��o Hoje, nos encontros que os s��cios optam por destina����o de recursos, enfim, de pol��tica, se adotada a estrat��gia para o escrit��rio, para longo prazo, com rela����o ao que hoje n��s somos uma equipe de no total de nove pessoas, tais como esquecendo de algu��m envolvendo o nosso pessoal administrativo, Estagi��rio Advogados, ent��o equipe relativamente pequena, mas eu entendo esse formato como um formato bem enxuto e que a gente tem se mostrado capaz de escalonar a ele utilizando uma s��rie de ferramentas e t��cnicas de forma satisfat��ria, atendendo pequenas e grandes empresas.

Gabriel:   8:25
Acho muito interessante divis��o que voc��s fazem na sociedade. Voc��s de tudo, porque ficou bem claro os pap��is assim, em que precisa de algu��m que vai abra��ar a gest��o do escritor. Ent��o, assim fosse colega divulgar, est�� escutando isso. Pode que se voc�� acha que voc�� n��o, n��o �� a sua praia mesmo essa parte, n��mero de entender de profissionalizar o seu neg��cio, na minha vis��o, voc�� precisa de encontrar um s��cio que vai te ajudar nisso, porque se n��o o seu escrit��rio vai ser amador e principalmente agora nesse mundo p��s convite, que vai ser ainda mais competitivo e dif��cil Realidade que est�� a��. Vai ser uma uma depress��o que est�� vindo por agora. Vai ser mais dif��cil prever o que precisa ser ainda mais profissional. Ent��o, se voc�� �� mais acad��mico, busca e um algu��m, animais de bis��es para te ajudar ao vice, dessa vez em pleito, Get��lio traz, certamente, pode ser aplicado para voc��s. N��o se se concordam com essa vis��o, Get��lio. E, al��m disso, tamb��m voc�� come��ou a falar de ferramentas e pr��ticas que voc�� pudesse correr um pouquinho mais. Acho que o colega que est�� escutando agora poderia fazer amanh��. Assim, para melhorar um pouquinho. Efici��ncia na execu����o de servi��os.

Get��lio:   9:38
Perfeito �� feito no nosso caso espec��fico, n��s temos, por exemplo, eu tenho um advogado, advogado, processualista contencioso escrit��rio. Se eu vou discutir uma demanda com ele, por algum motivo algum cliente, a decis��o final �� dele. Ele �� o respons��vel por aquele setor do escrit��rio contou Com a contribui����o �� v��lida na ��rea trabalhista. Vamos discutir onde o s��cio respons��vel pela trabalhista agora tem. �� necess��rio que a todo momento tenha algu��m com a fun����o de administrador ou de gestor do escrit��rio, que ��s vezes vai sentar e falar. Olha, esse contrato n��o est�� interessante. As horas que n��s estamos gastando n��o pagam. Os honor��rios n��o fecham com com o gasto de horas os nossos advogados ou estagi��rios. Ent��o �� fundamental que tenha se uma vis��o financeira do lit��gio, do escrit��rio, custo fixo, custo de horas, curso de hora de estagi��rio. Tudo isso �� relevante. O advogado tem que entender Al�� m��tricas. E hoje, em trinta minutos no YouTube, trinta minutos, uma pesquisa na internet, voc�� �� capaz de ter acesso a fundamentos b��sicos de controle financeiro e de gest��o, que antes era inacess��vel. Ent��o, �� fundamental que algu��m tome frente disso, caso contr��rio, os escrit��rios v��o perder dinheiro, v��o entender que v��o come��ar a entender que o dinheiro n��o entra. Ent��o, sim, vou colocar algumas coisas b��sicas que eu queria que algu��m tivesse me falado isso l�� no in��cio. E a��, alguns citando algumas ferramentas, por exemplo uma louva, uma ideia n��o ideia. �� uma coisa simples que a gente tomou uma postura do dia um do escrit��rio, fundo de reserva de escrit��rio. Existe um valor fixo de cinco por cento de tudo que entra no escrit��rio independente da origem dele, �� destinado a um fundo de reserva. Por isso, esse valor �� um valor fundamental que desde h�� mais de dezesseis anos a gente tenha se esse valor sempre depositado m��s a m��s para que serve esse valor, investimento em infraestrutura, investimento de cursos, softwares e, inclusive se preparar para per��odos de vacas magras, que podem acontecer, principalmente nos escrit��rios pequenos, como �� o perfil do nosso Hoje em dia, existem milhares e milhares de ferramentas, a�� milhares, n��o. Algumas ferramentas, ferramentas extremamente baratos. Dois vezes o pre��o do Netflix Voc�� contrata hoje um sistema de gest��o financeira. Isso que d�� transpar��ncia, te d�� credibilidade junto a seus clientes, quando voc�� foi enviar um relat��rio de despesas de reembolso, enfim, isso �� fundamental para qualquer escritor. Eu, por exemplo, utiliza um sistema que �� extremamente simples. Posso falar aqui na proposta. N��o souberam dizer em patrocinar. Agrade��o muito feliz. O europeia do Craque Box �� uma ferramenta que eu acho que eu pago trinta reais por m��s. Existem ferramentas melhores? Sim, os olhamos. Existem softwares mais completos e mais e mais robustos de gest��o financeira, mas que os outros s��cios n��o se adaptaram muito bem. Ent��o, voltamos por um software simples e que atende a nossa demanda e �� uma curva de aprendizado. Eu n��o podia sair, por exemplo, de uma planilha de Excel implementar um, um software extremamente robusto, n��s n��o t��nhamos o procedimento suficiente para aliment�� lo naquele momento. Ent��o, �� uma uma curva. Pode ser que n��o sofreu um determinado momento que atenda, o importante �� estar antenado com o que tem dispon��vel. Antigamente, por exemplo, n��o fala. Antigamente eu percebo que estou ficando velho, funda ferramentas b��sicas que n��s temos hoje. Belo leque s��o ferramentas, por exemplo, que eu estou tentando implementar no escrit��rio. Ainda n��o conseguiu. Mas pretendo fazer, pois �� uma ferramenta que voc��, como permite que voc�� centralize todas informa����es de um determinado assunto em um s�� canal, evitando em e mail whatsapp, Enfim, �� uma ferramenta que s��o ferramentas que o escrit��rio tem que estar constantemente, buscando novas op����es hoje em dia, com o sistema gera acionador financeiro fornecido pelos pr��prios bancos �� super f��cil contra o controlar. Rob��s financeiros fazem essa sincroniza����o com com conta banc��ria, o que facilita em muito sistemas de controle processual. Eu acho que esse at�� que j�� est�� mais enraizado, mas ��s vezes o escrit��rio pequeno pensa que a n��o. Quando eu tiver demanda, eu vou. Vou pensar, n��o sofre de gest��o de processos, n��o. Voc�� tem que ter agora o sistema, porque o processo de adapta����o tem que fazer parte de inser����o de dados, tem que estar dentro dos seus processos e deve fazer parte da cultura da empresa o mundo. Hoje, ele �� data do vivem, n��o tem jeito. Ent��o, se voc�� n��o tem dados sobre a luta em Erbil, time sobre seus processos, sobre quando voc�� est�� gastando em cada processo, voc�� n��o tem um escrit��rio. Voc�� tem um bando de pessoas reunidos, peticionando personalismo. Pego as ferramentas mais simples. �� o Dropbox, principalmente nesse tempo de home office, que a gente n��o sabe quanto tempo e pendurar isso. Isso se tornou uma ferramenta essencial. Voc�� tem de estar, n��o balan��ou a proposta, apenas as ferramentas de armazenagem, enfim, n��s trocamos o sistema de gest��o desse processo no escrit��rio pelo menos quatro vezes. Nesse ��ltimo, desses ��ltimos dezesseis anos, nosso, isso provavelmente vai continuar. Temos que estar sempre evoluindo nesse quesito.

Gabriel:   16:22
Acho interessante primeiro que das ferramentas que voc�� citou voc�� falou a�� do sofre de gest��o de processos por fim, Mas, assim, quase todos s��o ferramentas feitas para n��o advogado, n��o s��o ferramentas feitas para para o mercado jur��dico, s��o ferramentas que n��o aparece no radar de Lotex. Dois. Todos advogados que est��o querendo buscar a inova����o come��am por l��. Ent��o, �� uma lei que �� uma ferramenta de comunica����o, �� um trela que �� uma ferramenta de gest��o. Ditar �� fazer um Dropbox que �� uma ferramenta e de armazenamento de arquivos em nuvem em nuvem, ferramenta que voc�� disse que a gest��o financeira

Get��lio:   17:08
�� o que a gente utiliza

Gabriel:   17:12
isso, Ent��o, assim s��o ferramentas fora do direito, Ent��o caiu a ideia para voc�� colega advogado, que talvez em que precisa de entender como empresas normais funcionam e ver o que elas usam, para gest��o financeira delas que elas usam para melhorar a produtividade e com base no que acontece fora do direito a adaptar o mercado jur��dico. At�� porque, em geral, as empresas fora do mercado jur��dico elas s��o mais avan��adas em gest��o, ent��o pode ser um bom espelho para o seu escrit��rio. Al��m disso, uma outra quest��o que me chamou chamou aten����o. Get��lio �� que para para para utilizar as ferramentas, voc�� falou todo momento de m��tricas e tamb��m de cria����o de procedimentos internos para o seu escrit��rio, de advocacia e para mim. E se realmente, o ponto principal, o ponto b��sico assim, da gest��o de qualquer neg��cio, eu queria saber assim. O que voc�� acha que o advogado pode poderia fazer para come��ar a desenhar os procedimentos internos do zero E tamb��m para come��ar a acompanhar as m��dicas do zero, imaginando que esse advogado nunca, n��o tem nenhuma nenhuma planilha ainda. Ou ele nem sabe o que �� procedimento interno, como que ele pode come��ar a ter um b��sico de acompanhamento dessas duas duas quest��es importantes.

Get��lio:   18:46
No nosso caso, eu vou colocar minha experi��ncia dentro das empresas que eu participei participe do nosso escrit��rio. Eu acho que o procedimento primeiro tem de partir de uma experi��ncia pr��tica que estou querendo dizer com isso sim. Eu vejo que depois, que toda a procura����o que o envio, eu eu abro um arquivo, Eu copio uma informa����o de um determinado basta, eu envio diretamente para um um cliente ou para algu��m da equipe beckloff Eu vou depois de fazer isso algumas vezes eu vou entender que isso �� um procedimento, V��o entender aonde existem poss��veis falhas, seja de entrada de dados, seja no envio. Uma vez que eu vi os poss��veis erros, eu trabalho com a seguinte ideia Se eu fosse passar isso para ser feito para uma pessoa como eu queria, que isso fosse feito. E a�� eu escrevi um arquivo, literalmente o passo a passo. Depois eu passo eu mesmo conseguir esse processo que provavelmente vai surgir alguma. Algum detalhe, alguma, outra d��vida? Alguma coisa que eu acho interessante, Depois que eu vi isso realmente n��o conseguiu explicar isso com terceiro, eu costumam delegar isso para algu��m, e vezes a pessoa entendeu que eu disse. A partir do momento que eu vi, cada pessoa entendeu. Raizo isso como um procedimento. Mas uma coisa que �� fundamental, que eu falo da pr��tica voc�� tem de solicitar sem perfil bex da sua equipe, Porque uma coisa que funciona para voc�� pode n��o funcionar por algum outro motivo com algu��m da sua equipe. Ent��o, comunica����o interna para otimizar procedimentos tem de ser uma constante no escrit��rio. E se voc�� ��s vezes voltando naquele assunto, de ter uma figura do gestor administrador, se voc�� est�� ocupado demais, cuidando dos seus processos e n��o tem ningu��m olhando para isso, voc�� n��o vai se preocupar com procedimentos, lan��ou a m��trica. �� sim. At�� uma das primeiras vezes que eu ouvi falar da Filon, eu acho que houve um. Pode querer alguma coisa que voc�� est�� falando de Pio aqui, quando bateu naquilo, foi interessante advogado. Falando disso, acho que tem uma coisa em comum porque n��o �� comum ter m��trica. M��tricas hoje s��o fundamentais para qualquer tomador de decis��o. Poder tra��ar planos, estrat��gias e isso dentro do escrit��rio advocacia se traduz em que para que os s��cios possam saber e definir um planejamento estrat��gico do seu escrit��rio, sem m��trica, sem dados, ele n��o �� capaz tomar essa decis��o nesse mesmo sentido. N��s temos a�� cada vez mais envolve a quest��o da dosimetria, a biometria, se n��o passar a ser compreendidas pelos advogados, e estou falando de advogados que est��o ali, peticionando o dia inteiro. Se ele n��o entender conceitos de geometria, ele vai ficar para tr��s nesse mercado. �� um mercado que est�� em expans��o e �� capaz de dar respostas sensacionais e melhorar a performance em todos os sentidos, de qualquer escritor.

Gabriel:   22:27
Eu acho que sim, essas dicas que voc�� compartilhou, que Get��lio s��o um realmente o que qualquer escrit��rio de advocacia precisa de fazer para come��ar a ter uma gest��o profissional. E assim n��o �� nada de outro mundo. Vai ser dif��cil. No in��cio vai, mas como Get��lio disse que iria criar procedimentos, criar procedimento �� como ensinar algu��m a fazer um caf��? Ent��o, coloc�� la uma colher aqui do caf��, depois aquecer a ��gua e depois fazer isso �� colocar a China, escolher de a����car ou n��o colocar a����car, Porque a equipe que n��o gosta de a����car. Ent��o eu j�� fui em escrit��rios que tinham a receita de caf�� na cozinha, mas n��o tinham a receita para a execu����o das peti����es. N��o tinha receita para os atendimentos do cliente, Ent��o criar procedimentos, como criar receitas de bolo, criar receitas para fazer caf�� e, aos poucos, o que precisa ser feito com muito. Get��lio destacou que a equipe se re��na para discutir sobre esse procedimento. Que se crie o h��bito de isso e por isso que �� importante uma comunica����o constante. Tem reuni��es peri��dicas da equipe para discutir especificamente e um outro passo para uma gest��o profissional, al��m da cria����o de procedimentos, a defini����o de m��tricas e o acompanhamento das m��tricas. E voc�� pode, eventualmente, come��ar com uma planilha com isso E isso, como Get��lio disse, vai estar est�� atrelado nesse ponto espec��fico, Est�� falando, est�� atrelado a gest��o, mas com a j��ri. Meteria, por exemplo, e tem um epis��dio espec��fico sobre geometria aqui no noite loya. Daqui a pouco esses dados, eles v��o estar sendo utilizado de uma forma cada vez mais maior para a peticionar tamb��m no escrit��rio Advocacia. Ent��o, uma vez eu falar que a jurisprud��ncia majorit��ria entende isso, n��o vai ser isso, mas vai ser sim. Setenta e quatro por cento dos julgados no Tribunal de Justi��a de S��o Paulo condenaram empresa nesse sentido. Ent��o, o mundo est�� ficando cada vez mais pr��ximo dos dados. A gente precisa de come��ar a se aproximar os dados de indicados, eu acho que a melhor forma

Get��lio:   24:45
complementando essa quest��o da dosimetria, alguns tribunais. Eu tenho alguns trabalhos bem, falar que s��o meus, tamb��m �� prepot��ncia, tem alguns parceiros que a gente acompanha muito essa quest��o de geometria. E em alguns estados a gente �� capaz de justi��a, Brincou. Nisso que a gente �� capaz de adivinhar o par��metro da decis��o do juiz antes dele da senten��a, porque a gente j�� tem dados suficientes para que aquele tipo de caso nessas essas condi����es, a senten��a vai ser dentro dessa faixa. E isso em breve, principalmente com a evolu����o do PCJ. Eu acho que realmente agora v��o ter que ter uma evolu����o ainda maior com essa quest��o de Romeu. Once de isolamento, enfim, v��o ter que facilitar o acesso a informa����es que hoje j�� tem um pouco mais complicado de fazer essa geometria nas suas decis��es deles, nas movimenta����es dele. Mas voc�� vai saber mudar talvez a forma sua de peticionar, porque voc�� de ante m��o, j�� vai saber que aquele juiz decide dessa forma, como essa alega����o �� feita. Isso isso da�� da uni��o pode quer sim ter sobre isso. N��o s�� os escrit��rios v��o utilizar cada vez mais essas t��cnicas. Como o pr��prio Judici��rio est�� utilizando ferramentas para decidir em massa, ent��o vai ter que ter uma durante o momento, os advogados v��o peticionar de mais b��sico. Chegam a uma uma hora que o Judici��rio vai conseguir dar senten��a quase que instant��nea, porque ela vai estar analisando os dados dos advogados. Ent��o, o advogado tem que acompanhar isso, n��o �� um caminho sem volta

Gabriel:   26:35
e de Get��lio, assim. Eu sei que voc�� j�� tinha esse procedimento bem definidos. S�� que agora com couve de, certamente deve ter dado uma chacoalhada. Como que est�� esse cen��rio para voc��s? Hoje? Mudou alguma coisa na divis��o de tarefas? Quais foram as maiores dificuldades e aprendizado? At�� ent��o?

Get��lio:   26:58
Como sim, existem pessoas que s��o mais propensas e mais adapt��veis a esse tipo de altera����o. O que n��s fizemos internamente foi logo no surgimento dessa crise. Nos primeiro convocamos uma reuni��o para definir o planejamento estrat��gico que a gente achava, quais setores e quais clientes poderiam ser potencialmente afetados e preocupando vivemos, o que pode deveria ser organizada Internamente, optamos por nome, op����es para todos os nossos colaboradores. N��s n��o sentimos ainda nesse primeiro momento. Qualquer altera����o substancial que tenha demandado rever nossos processos ainda. Mas �� isso o processo. Ele deve ser acompanhado para saber se continua funcionando. Pode ser que algum colaborador n��o se adapte ao estilo Romeu Ops Y e eu queria ter um computador. Se n��o tem um gestor, eu n��o gosto digital, notebook, gorjeta no computador. Se n��o tem um gestor com algu��m acompanhando essas informa����es, n��o tem como tentar se adaptar e fornecer melhorias para aquele colaborador. Ent��o, eu acho que est�� sendo um aprendizado que esse convite e acho que vamos ter muitas mudan��as no setor jur��dico como um todo. Eu acho que, nesse modelo atual, grandes escritores talvez sejamos mais prejudicados para uma s��rie de fatores, desde custos fixos muito elevados, a quest��o de complac��ncia com o tratamento de informa����es, escrit��rios pequenos e m��dios. Eu acho que v��o ter um uma vantagem que �� de se adaptar mais f��cil a essa realidade. Agora vamos saber se isso �� perduraram, n��o.

Gabriel:   28:56
Por exemplo, acho interessante a forma que voc�� lidar com a crise A gente at�� fez um material completo com uma an��lise da Frilot sobre sobre os impactos econ��micos que convide, dezanove Gera na advocacia ou at�� deixar o limite que a descri����o do epis��dio. Se voc�� quiser saber mais e um dos pontos que significa, destacou l��, na nossa an��lise, �� que, assim como o mundo mudou no mundo ante convite o mundo p��s convide A primeira, uma das primeiras iniciativas que qualquer escrit��rio deve fazer, rever o planejamento estrat��gico e se voc�� n��o tinha um planejamento estrat��gico antes da convide! Agora, �� o momento ideal para fazer. E foi o que Get��lio foi analisar com s��cios, de analisar quais s��o os potenciais impactos com que a economia vai. Pode impactar os nossos clientes onde a gente pode ganhar e perder dinheiro onde pode eventualmente ganhar. Ningu��m negou essa an��lise e veio tamb��m, ao mesmo tempo que voc�� est��o como cultura, de de muito teste. Agora vamos ter, estavam bem como estas que est��o sendo os procedimentos, mesmo, ao mesmo tempo criando muitos pontos de contato para ter di��logo com a equipe, para que sempre que tiver algum problema e vamos tentar resolver ajustando mais os procedimentos de trabalho online. Eu queria saber tamb��m Get��lio. Assim, se voc�� tem alguma aposta espec��fica para ��reas do Direito, policiais que estar��o em assim s��o nessa crise ��reas que tal instaurou um decl��nio. Se voc�� n��o tiver, n��o tem problema.

Get��lio:   30:27
Esta �� s�� o paredes com rela����o ao ��ltimo assunto de convide. A��, s�� para lembrar como que a import��ncia do planejamento estrat��gico, aquilo que eu disse l�� no in��cio temos um fundo de reserva tudo que entre cinco porcento e n��s nos sentamos e falamos olha com rela����o a parte financeira, estamos tranquilo, podemos ficar fechado um ano para se adaptar. A gente tem a tranquilidade de um fundo de reserva que mant��m tranquilo durante um per��odo indeterminado para que possamos tomar decis��es com maior tranquilidade.

Gabriel:   31:06
N��o ligou muito a cara voc�� analisa nas ��reas agora, se no direito. Assim, de uma forma, macros, em que se acha que pode, podem ser oportunidade. Ao mesmo tempo, onde est��o os desafios? Agora, nesse cen��rio e p��s, convide o ex policial, principalmente ap��s quarenta e depois que os prazos voltar

Get��lio:   31:24
ao normal, vamos l��, Eu eu acho que acho n��o, j�� �� fato na parte trabalhista, eu acho que quando h�� essa onda de desemprego e esterco acompanhar as ��ltimas exce����es que a gente sentiu mais de perto dois mil e oito, dois mil e treze Lippi A tend��ncia �� parte do reclamante. Se voc�� de volta para o reclamante, h�� uma demanda, um aumento de demanda substancial e para quem advoga para o reclamado na parte trabalhista voc�� vai ter de adequar processos. Estamos ter altera����es de MPs e decretos praticamente diariamente nesse governo. Ent��o o consultivo, nessa parte trabalhista, vai tende a crescer muito. ��poca de crise tamb��m trazem o que provavelmente muita quest��o societ��ria, fus��es, aquisi����es ou at�� mesmo recupera����es judiciais. �� uma tend��ncia de jota. Provavelmente vai ser um setor que, como na ��ltima crise, a gente viu vai ter um aumento significativo. Falam do ponto de vista mais pr��tico e ainda incerto demandas consumeristas. Eu acho que n��s vamos ter uma explos��o, mas eu n��o sei ainda se isso vai ser bom ou ruim, porque est��o se falando muito e flexibiliza����o de uma s��rie de de garantir que a gente tinha no seu dezesseis j�� est��o falando em n��o aplic�� las em fim nisso eu acho que ainda �� um pouco, temos de esperar, mas uma coisa que o advogado pode ficar tranquilo. Advocacia �� um setor antic��clico, ou seja, em recess��es costumam se ter aumento na demanda, ent��o o advogado, sabendo se posicionar e usufruindo de uma tendo uma estrutura enxuta que permita que a tranquilidade fazer resultado, sua tarefa. Eu acho que a oportunidade de crescimento em geral, como um setor advocacia,

Gabriel:   33:35
muito legal, sua vis��o. Get��lio de o que, pelo que eu vejo assim, hoje voc�� j�� �� muito maduro assim neg��cios e inclusive come��ou nessa ��rea da faculdade, abriu escrit��rio, passa pelos afins do crescimento, profissionalizou a gest��o do escrit��rio, consegue fazer uma an��lise o mercado como essa que voc�� acabou de fazer aqui para a gente. E num determinado momento, voc��s tamb��m voc�� tamb��m estou no investidor de empresas de tecnologia e at�� desenvolveu e usa os com um projeto e do escrit��rio de voc��s. Como que foi essa transi����o? Quais s��o usar fios assim para se tornar um investidor? E o que que �� esse projeto especificamente? Os Epson?

Get��lio:   34:21
Gabriel Ent��o, na verdade sim. Sempre como se diz l�� atr��s, solicitou advocacia, mas sempre me manter. Mantive muito ativo com rela����o a comunidade, empreendedores e sempre tive projetos paralelos. Acho que ��s vezes, a a burocracia de O Juridiqu��s me cansa um pouco. Sempre participei ativamente de outras empresas, algumas. Inicialmente vinha conhecer pessoas que a gente compartilhava de alguma vis��o comum sobre algum problema que merece uma solu����o e assim o trabalho desenvolvido e trabalhei em in��meros projetos, usa que sai. Na verdade, ele n��o �� um projeto do escrit��rio, de uma empresa que eu tenho em parceria com um s��cio de S��o Paulo, que internamente a gente sempre teve o seguinte problema, que acho que todo advogado tem assinatura de Se voc�� depende de assinatura, como todo advogado, tem em procura����es, em contratos, enfim, qualquer documento voc�� tinha para a necessidade de tramita����o f��sica e a partir do momento que o processo se digitalizou, a gente come��ou poder utilizar ferramentas digitais authentique, por exemplo, revelou se, enfim, v��rias ferramentas que permitem essa assinatura digital. S�� que algumas delas s��o t��o robustas que desperdi��a o sentido para um uso mais corriqueiro. Por exemplo, a comprova����o de autenticidade do dosh ainda �� uma coisa maravilhosa, mas um advogado para uma vez uma a����o pequena, simples contrato, onde ele tem outros meios de prova, �� necess��rio tanta robustez e pagar os valores que saem com obra. Dependendo do seu volume, pode se tornar um custo muito alto. Ent��o, exemplo, falava se encara, tinha que ter uma ferramenta. Voc�� mandava pegar seu documento clicava mandava num limbo pelo WhatsApp, pessoa assinada no mesma fone, onde todo smartphone habitantes? Ent��o n��s criamos, sabia que era basicamente um ano ferramenta para a coleta de assinaturas que o compartilhamento da feita totalmente pelo WhatsApp. De forma simples eu tive um clique, Voc�� assim n��o recebe de volta, nada mais que isso. S�� que veio essa quest��o toda do corona, e n��s pensamos em extensa ferramenta, Utilizamos aqui no dia a dia, funciona, V��o disponibilizar essa ferramenta, d�� um tapa nela! Ela poder�� ser utilizada por um pouco por terceiros, de forma gratuita e do mundo que acontece a�� no final de semana conversamos, acertamos alguns detalhes e lan��amos extremamente nova. Tem cerca de quinze dias que n��s lan��amos. Isso �� uma ferramenta que est�� em beta, em adapta����o, mas basicamente ela �� uma ferramenta que facilita a coleta de assinaturas utilizando se do WhatsApp como meio de transmiss��o e, surpreendentemente, tivemos excelentes at�� mais do que esperado. Por exemplo, esses dias tiveram um documento, a gente n��o t��m acesso ao documento e s�� sabe os e mails que assinaram empresa. Utilizamos para assinatura de ata de assembleia, que mais de cento e cinquenta pessoas empresas utilizando para envio de folha de pagamento, recibos de entrega enfim, coisas das mais corriqueiras e como uma forma de amenizar e tentar ajudar o pessoal a ficar em casa nessa corona. Essa ferramenta disponibilizada no site com br por tempo indeterminado �� n��o deixando ela gratuita. Vamos deixar l�� rodando a�� como uma pequena contribui����o para todo mundo ficar em casa

Gabriel:   38:36
muito, muito bacana. Assim que o time est�� na descri����o do epis��dio E quem quiser utilizar esta plataforma �� s�� clicar no link a seguir. Os passos. Acho que, certamente, pode. Pode contribuir ilegal assim que voc��s resolver outras unidades para o mercado espera que que ajude bastante pessoas, se tem algum recado final para os colegas e que est��o nos escutando alguma dica e final para quem quer se torna mais empreendedor para quem quer melhorar a gest��o do neg��cio e tamb��m eventualmente, para quem quer investir em projetos de tecnologia, desenvolver projetos dessa forma, assim como voc��s est��o fazendo,

Get��lio:   39:16
como �� que eu acho primeiro, primeiro parabenizar a iniciativa de voc��s a��, voc�� tamb��m, Como advogado, empreendedor, n��o estamos juntos, prepara eu. Aqui, o advogado tem de sair da da caixa dele. Ele tem de buscar pensar como ver a ter uma ��tica, como empreendedor, como gestor e absorver tudo e qualquer ferramenta de outras ��reas que fa��am com que ele se torne o melhor advogado, um gestor. Ent��o, ��s vezes o advogado tem excelentes ideias, excelentes projetos, Mas, por algum motivo, deixo isso dentro da caixa. Vamos botar o mundo? Vamos empreender, infelizmente, empreendedor, No Brasil �� uma tarefa ��rdua, mas no longo prazo o empreendedorismo que vai tirar o Brasil dessa recess��o est�� chegando e contando com o apoio de todo mundo. Eu acho que a advocacia tende a prosperar e sair dessa melhor.

Gabriel:   40:30
Muito obrigado! Get��lio aprendi bastante com voc�� hoje, est�� bem pr��tico, seus anos experi��ncia e certamente v��o. V��o ajudar a advogada a reduzir o n��mero de erros que eles cometeriam na gest��o na pr��xima semana para voltar para mais um boletim. Espero que todos estejam bem, no isolamento social e espero que esse epis��dio, assim como os outros crimes, est�� trazendo para voc��s aqui, sejam trazendo mais em sites, Mais esperan��a para esse momento. Acho que �� um momento muito importante e pensar o planejamento estrat��gico para que voc��, os que as melhores oportunidades nesse momento e cumpra sua fun����o social. Como advogado, ajude pessoas e tamb��m conseguiu criar um neg��cio vi��vel, porque n��o, N��o �� s�� de ajudar os outros que a gente vive pra ajudar mais. As pessoas t��m que ter os econ��micos do neg��cio, ele bem bem definidos, n��o vai dar certo. Ent��o, aproveite o momento para para buscar mais materiais, est��o mais mais materiais sobre cria����o de procedimentos sobre defini����o de m��tricas. Est�� deixando desse epis��dio v��rios materiais que podem estar ajudando utiliz�� la. A solu����o do Get��lio, inevitavelmente, pode ainda a realidade voc��s, de fora, isso, precisamos qualquer coisa, entre em contato conosco, sociais, falar referiu A gente vai estar contribuindo da forma que a gente puder. Vamos juntos e at�� a pr��xima semana.